quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Dreams

Eu escrevo histórias desde criança. Eu tinha (ainda tenho, de quando em vez) uma imaginação relativamente fértil e as histórias que escrevia eram sempre bastante complexas e a puxar para o fantástico. Eu preenchia pequenos cadernos com páginas e páginas de histórias sobre meninas com os seus ursinhos de peluche que falavam.

Ao longo dos anos a minha escrita foi evoluindo, mas no fundo, servirá sempre como uma grande fonte de conforto para mim. Como filha e irmã mais nova, eu encontrei refúgio nos livros. Eles eram os meus companheiros, meus companheiros, meus companheiros em todos os tipos de aventuras literárias. Eu lia tudo o que chegava às minhas mãos e sempre tentei escrever histórias das quais eu gostaria que outros pudessem ler um dia.

Esse objectivo tem sido uma parte de mim, desde que me lembro. Eu gostaria de escrever um romance. Até agora, tem sido sempre  "um dia destes...", mas recentemente prometi a mim mesma que eu iria começar esta viagem agora. Não espero mais. Vou escrever um romance (mesmo que só seja para publicar aqui no blog) e realizar o meu sonho.

Sabe bem dizer e continuar a dizer isto. Eu escrevo porque as palavras estão na minha alma e eu sinto que tenho uma história para contar. E eu vou continuar a contar até que a minha história termine.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...