segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Series que acompanho #4

The big bang theory

Bazinga! :)



À primeira vista, The Big Bang Theory parece ser a série mais nerd do mundo. E provavelmente é. Mas ela não se limita a esse público. Não! Ela explora, sim, o mundo nerd. Mostra como essas pessoas com inteligência acima da média enfrentam de forma diferente situações normais para a população em geral. É de chorar a rir. E para dar um pouco de normalidade a toda essa excentricidade, temos a normalíssima Penny. Individualmente, todos são personagens bastante complexos e singulares. Howard possui um auto-estima super valorizada. Tem um humor bastante sarcástico. É profundamente sexual, ressaltando tal característica sempre que pode. E a sua mãe... Bem, a sua mãe é um caso a parte. São responsáveis por uma das relações mais bizarras de toda série. Raj, o doce e gentil indiano com problemas de confiança. Sempre preocupado com a aparência e com as calorias ingeridas. Tem problema com relacionamentos. Actualmente, superou um trauma que levava consigo desde sempre: falar com mulheres. Leonard é o mais perto do normal do grupo. Apaixonado pela Penny, com o qual tem um relacionamento. Sheldon é de longe o personagem mais icónico e profundo da série. Aparentemente, é um ser recluso e egoísta. Mas no fundo é um amigo dedicado e prestativo sempre que necessário. É o mais inteligente de todos, e gosta de ressaltar isso. Tem um dos relacionamentos mais originais e fora dos padrões já visto na televisão. Um relacionamento que segue as suas próprias leis. Na parte feminina da série temos a doce, linda, boa actriz Penny. Uma empregada de mesa que sonha em ser uma actriz famosa em Hollywood. É extremamente sexy, e sabe disso, mas não se acha melhor do que ninguém por isso. Temos também Bernadete, que a primeira vista parece a mais doce e ingénua, mas que vai mostrando uma personalidade sombria e até maldosa. Como a mesma gosta de lembrar, é um ser humano bastante vingativo. E por fim, temos Amy. Esta foi uma das últimas a se juntar ao grupo principal da série, mas é das personagens mais carismáticos da serie. Protagoniza ao lado de Sheldon o relacionamento mais original jamais vista. The Big Bang Theory é uma série que vale cada segundo. Sempre a aprender algo sobre Star Wars ou Star Trek (não, não são a mesma coisa!!!!!), super heróis, comic-books... rir muito, aprender a respeitar o diferente. E por que não, aprender a amar diferente, e ver que este é fundamental e interessante. A série faz-me pensar também no valor das amizades. Todos temos nosso lugar no mundo, basta procurar.






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...