terça-feira, 28 de outubro de 2014

Apanhando as peças

Por vezes, quando tudo se desmorona consegues ver coisas que nunca te apercebes-te - por exemplo: percebes que os teus pais são apenas humanos repletos de falhas e boas intenções. Durante esse tempo, consegues sentir o medo das pessoas, as vulnerabilidades, e o pior de tudo é que não os podes ajudar, porque também te sentes vulnerável. Começo a aprender que há grandes lições a serem aprendidas no meio do caos. Que as pessoas te irão decepcionar uma e outra vez, e mesmo assim tu terás de os amar com todos os seus defeitos e virtudes; porque afastar e fingir que não te importas poderá ser uma tragédia. 

Estou lentamente a apanhar as peças da catástrofe que tem sido a minha vida nos últimos anos e não posso deixar de sorrir. As coisas boas vêm de tudo o que foi quebrado e perdido - independência, empatia e altruísmo - no mínimo, tem sido uma experiência de humildade. 

Eu finalmente entendi o significado de amor, ou melhor, os significados do amor, que francamente eu não acredito exista apenas um. Quando se trata de família, amor é aceitar os seus defeitos, as explosões dramáticas, decisões irracionais, palavras ofensivas e acções inexplicáveis. Estou a começar a aprender que, assim como as minhas palavras e acções negativas vêm do medo, também o deles. Eles são um reflexo de mim e eu sou um reflexo deles, o que eu vejo e não gosto neles, eu vejo e não gosto em mim mesmo, somos uma e a mesma coisa (mesmo que nenhum de nós goste de admitir isso). 

Pode parece cliché mas sim vou tentar ficar maravilhada nas coisas mais simples. Seja ao assistir a um filme na cama com os meus sobrinhos, ou ouvir a minha mãe rir histericamente com algo que não é engraçado de todo, ou ver o meu pai ficar animado sobre qualquer coisa (não importa o quão pequeno for). Acho, sinceramente que estas são as coisas mais importantes na vida, reconhecer e apreciar estes momentos mágicos, que muitas vezes estão disfarçados como insignificantes e comuns.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...